Páginas

Pesquisar este blog

Sejam Bem Vindos!

Este espaço também é seu.

domingo, 18 de abril de 2010

Explorar os órgãos dos sentidos para que se possa desenvolver de forma plena em relação ao RCN.

Perceber o próprio corpo, suas sensações parece ser uma de nossas primeiras necessidades. Nosso corpo foi projetado pela natureza, com sensores que foram especialmente desenvolvidos, para nos servir de indicadores de que estamos dele tratando mal ou bem. Assim, o corpo compreende facilmente que tudo que o desagrada, ‘é prejudicial’, e ao contrário, aquilo que o agrada “é benéfico”. É assim, que a criança, instintivamente ao ter contato com seus órgãos passa a tomar conhecimento das diferentes sensibilidades do seu corpo. É a aventura das descobertas, e ela passa a analisar com distinção, cada tipo de sensação. É assim, que as sensações boas, desejará repetir e as más rejeitar. Compreender nosso corpo, o que realmente é instinto ou o que é razão, que situações caracterizam as reações espontâneas de nossa fisiologia é um passo fundamental à compreensão da verdadeira natureza humana.
As crianças podem, gradativamente desenvolver uma percepção integrada do próprio corpo por meio de seu uso na realização de determinadas ações pertinentes ao cotidiano. Devem ser evitadas as atividades que focalizam o corpo de forma fragmentada e desvinculada das ações que as crianças realizam...
RCN

Sendo assim, as formas de desenvolver plenamente a exploração dos órgãos do sentido em relação ao RCN são através da:
• Produção individual e coletiva de textos (utilizando gestos, desenhos, sons, movimentos e palavras).
• Perceber o corpo como elemento de auto-expressão e comunicação não verbal.
• Percepção da relação do corpo com o tempo (ritmos corporais).
• Relacionamento corpo x espaço (cores, formas, texturas, sons, cheiros, sabores) – leitura do mundo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário