Páginas

Pesquisar este blog

Sejam Bem Vindos!

Este espaço também é seu.

domingo, 19 de setembro de 2010

A história do Boi-Bumbá

Em uma fazenda de gado, vivia um boi muito bonito que era querido por todos. Principalmente por seu dono, que o adorava.

Na fazenda trabalhava Chico e sua esposa que estava esperando um bebê.

Muito ciumento o dono da fazenda todos os dias, antes de dormir, falava para Chico:
- CUIDE BEM DO MEU BOI!

Certo dia, Catirina, esposa de Chico ficou com desejo de comer língua de boi, do boi mais bonito da fazenda, o boi de seu patrão.
- MARIDO, SE NÃO COMER A LÍNGUA DESSE BOI, SEU FILHO NASCERÁ COM CARA DE LÍNGUA.

Preocupado com seu filho, Chico atendeu ao pedido de Catirina e cortou a língua do boi que, com o ferimento, acabou morrendo.
Com medo do fazendeiro, Chico começou a chorar e cantar:
O MEU BOI MORREU
QUE SERÁ DE MIM
MANDA BUSCAR OUTRO
HÔ MANINHA
LÁ NO PIAUÍ...

Quando o fazendeiro descobriu, mandou os vaqueiros que trabalhavam em suas terras, caçarem negro Francisco que, assustado, saiu correndo ao encontro dos índios e do pajé para pedir ajuda.
DANÇA DOS ÍNDIOS E DO PAJÉ EM VOLTA DO BOI

O pajé conseguiu fazer com que o boi ficasse vivo e tivesse sua língua novamente deixando todos muito surpresos, inclusive o dono do boi.
Muito felizes porque Catirina comeu a língua e o boi ainda estava forte e bonito como sempre, todos fizeram uma grande festa para comemorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário