Páginas

Pesquisar este blog

Sejam Bem Vindos!

Este espaço também é seu.

sábado, 1 de maio de 2010

Situação de Niterói

Por: Karina Fernandes 28/04/2010
Ainda há famílias desabrigadas devido às chuvas do início de abril ocupando 17 escolas. Mas, segundo o Sepe, mesmo onde tem aula, a frequência é baixa

Cerca de 5 mil alunos da rede municipal de Niterói ainda estão sem aulas desde os deslizamentos que atingiram a cidade devido às chuvas do início do mês. Enquanto a situação das 924 pessoas abrigadas em 17 escolas municipais não é resolvida, responsáveis pelas crianças reclamam da falta de previsão de retorno às atividades escolares. Com toda essa indefinição, mães ficam sem saber onde deixar os filhos para ir para o trabalho.

A manicure Kelli Lima de Paulo, de 23 anos, contou que está perdendo clientes porque tem que levar os filhos Rayssa, de 4, Thaynara, de 3, e Samuel, de 1, junto com ela para a casa das freguesas e, muitas vezes, as crianças atrapalham. As meninas estudam na Escola Municipal Ernani Moreira Franco, no Fonseca.

“Como não estou conseguindo trabalhar, porque não tenho com quem deixá-las, estão faltando as coisas dentro de casa. Sempre vou à escola delas buscar fraldas e leite. Elas todo dia perguntam se as aulas não vão voltar”, queixou-se.

Frequência – Para Rodrigo Teixeira, diretor do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe), outro problema é a frequência das crianças nas escolas que estão tendo aulas normalmente.

“Mesmo nas escolas que estão tendo aulas, os alunos não estão conseguindo chegar. Muitos perderam roupas, cartões RioCard e materiais escolares”, explicou.

Sem ter previsão de quando o neto Nathan, de 8, vai voltar a estudar, a dona de casa Anatália de Jesus Joaquim, de 57, está procurando outra escola para o menino.

“A mãe do Nathan foi até outra escola para tentar uma vaga. Como ele está aprendendo a escrever, ficar sem aula está prejudicando ele”, reclamou.

Só na Escola Municipal Alberto Brandão, no Fonseca, onde Nathan estuda, outros 120 alunos continuam em casa. Como os pais têm que trabalhar, as crianças passam o dia brincando na rua com os amigos.

A Prefeitura de Niterói informou que em quatro unidades (no Morro do Estado, Palmeiras, Pé Pequeno e Engenhoca) as aulas estão acontecendo normalmente devido ao baixo número de abrigados. A previsão é de que as aulas retornem em todas as escolas na próxima segunda-feira.

De acordo com a Prefeitura, uma comissão do Conselho Municipal de Educação começou a se reunir para estudar os caminhos legais de reposição dos dias parados e garantir a obrigatoriedade do calendário letivo.


O Fluminense

Nenhum comentário:

Postar um comentário